fbpx

vistos GOLD
fique só 7 dias em Portugal e ganhe residência na europa

Ao fazer um investimento ganha o direito a obter uma autorização de residência com um período de permanência anual de apenas 7 dias e extensível à família.

Um Conjunto de Vantagens Únicas

  • Não é necessário obter um visto para entrar em Portugal
  • Não precisa de visto para viajar na Europa (Espaço Schengen)
  • Viver e trabalhar em Portugal, mesmo com residência num país diferente
  • Períodos de estadia mínima extremamente baixos
  • Residência Permanente após 5 anos
  • Cidadania/nacionalidade após 5 anos
  • Residência estendida aos familiares

não compre casas inflacionadas
só porque é estrangeiro

somos uma opinião independente

Os agentes imobiliários em Portugal são pagos pelos proprietários das casas. Não trabalham para si, mas, para o senhorio

Há mais de 15 anos que a New Way apoia os investidores a encontrarem a casa ideal.
Trabalhamos apenas para os nossos clientes. Não recebemos comissões de senhorios ou de agentes imobiliários

ganhe o apoio até encontrar a casa ideal

Fazemos a ligação entre senhorios, agentes imobiliários e os clientes e apresentamos as melhores opções no mercado imobiliário.

Pesquisa
0%
Visitas
0%
Negociação
0%
Instalação
0%
Pesquisa
0%
Visitas
0%
Negociação
0%
Instalação
0%
Chaves de aparta,mento - relocation

As melhores opções

Sem comissões ou acordos com agentes imobiliários ou proprietários. As  melhores opções sem limitações.

Um único contato

Evite a confusão de falar com vários agentes imobiliários e poupe tempo sem visitas dispersas. Uma gestão personalizada.

supervisão e Segurança

Negociamos o contrato de compra e venda e apoiamos nos vários procedimentos administrativos. Ganhe +segurança.

Onde posso investir?

Considera-se preenchido o requisito sempre que o requerente demonstre ter efetuado investimento no valor mínimo exigido, incluindo investimento em ações ou quotas de sociedades, devendo apresentar:

  • Declaração de uma instituição financeira autorizada ao exercício da sua atividade em território nacional atestando a transferência efetiva de capitais, no montante igual ou superior a 1 milhão de euros, para conta de que é o único ou o primeiro titular dos capitais, ou para a aquisição de ações ou quotas de sociedades; e
  • Certidão do registo comercial atualizada que ateste a detenção de participação social em sociedade.

Considera-se preenchido o requisito sempre que o requerente apresente certidão atualizada da segurança social.

Considera-se preenchido o requisito sempre que o requerente apresente:

  • Título aquisitivo ou de promessa de compra dos imóveis de onde conste declaração de uma instituição financeira autorizada ao exercício da sua atividade em território nacional atestando a transferência efetiva de capitais para a sua aquisição ou para efetivação de sinal de promessa de compra no valor igual ou superior a 500 mil euros; e
  • Certidão atualizada da conservatória do registo predial, da qual deve sempre constar, no caso de contrato-promessa e sempre que legalmente viável, o respetivo registo.

Capitalização de empresas: transferência de capitais mínima de € 350 000 (em vez dos atuais 500 mil euros) destinados à aquisição de unidades de participação em fundos de investimento ou fundos de capitais de risco vocacionados para a capitalização de empresas (e não apenas pequenas e médias empresas), que sejam constituídos ao abrigo da legislação portuguesa.

No momento do investimento:

  • a maturidade deve ser, pelo menos, de cinco anos; e
  • pelo menos, 60 % do valor dos investimentos tem de ser concretizado em sociedades comerciais sediadas em Portugal;

Constituição de sociedades comerciais: transferência de capitais mínima de € 350 000, destinados:

  • à constituição de uma sociedade comercial com sede em território nacional, conjugada com a criação de cinco postos de trabalho permanentes; ou
  • ao reforço de capital social de uma sociedade comercial com sede em território nacional, já constituída, com a criação ou manutenção de postos de trabalho, com um mínimo de cinco permanentes, e por um período mínimo de três anos.

Aquisição de bens imóveis, cuja construção tenha sido concluída há, pelo menos, 30 anos ou localizados em área de reabilitação urbana e realização de obras de reabilitação dos bens imóveis adquiridos, no montante global igual ou superior a 350 mil euros.

Transferência de capitais no montante igual ou superior a 350 mil euros, que seja aplicado em atividades de investigação desenvolvidas por instituições públicas ou privadas de investigação científica, integradas no sistema científico e tecnológico nacional.

Transferência de capitais no montante igual ou superior a 250 mil euros, que seja aplicado em investimento ou apoio à produção artística, recuperação ou manutenção do património cultural nacional, através de serviços da administração direta central e periférica, institutos públicos, entidades que integram o setor público empresarial, fundações públicas, fundações privadas com estatuto de utilidade pública, entidades intermunicipais, entidades que integram o setor empresarial local, entidades associativas municipais e associações públicas culturais, que prossigam atribuições na área da produção artística, recuperação ou manutenção do património cultural nacional.

Onde têm sido realizados os investimentos?

O meio mais usado pelos interessados tem sido a compra de imóveis com valores superiores a 90% dos processos.

Quem pode pedir um visto?

Todos aqueles que, sendo cidadãos nacionais de Estados terceiros, exerçam, pelo menos, uma das actividades de investimento previstas na lei e descritas no ponto anterior.

Qual é o período anual mínimo obrigatório de permanência em Portugal?

Para efeitos de renovação da autorização de residência, os cidadãos requerentes devem demonstrar ter cumprido os seguintes prazos mínimos de permanência em território nacional:

  • 7 dias no primeiro ano
  • 14 dias nos subsequentes períodos de dois anos

Outros requisitos que necessitam de ser cumpridos

  • Ausência de condenação por crime que em Portugal seja punível com pena privativa de liberdade com duração igual ou superior a 1 ano
  • Não se encontrar no período de interdição de entrada em território nacional, subsequente a uma medida de afastamento do país
  • Ausência de indicação no sistema de informação Schengen
  • Ausência de indicação no sistema integrado de informação do SEF, para efeitos de não admissão
  • Manutenção da actividade de investimento por um período mínimo de 5 anos

Qual a duração dos vistos gold?

Uma vez emitido, o Visto Dourado será válido por um período de um ano, a partir do qual, será renovado por subsequentes períodos de dois anos.

Posso vender o investimento antes dos 5 anos e o que acontece?

Sim pode. Contudo, sem o comprovativo de que o investimento tem sido mantido, o investidor não poderá renovar o Visto Dourado.

Scroll to Top

TECH VISA

E-book Com As Melhores Práticas

e-book Tech Visa Melhores Práticas 2020

Versões em Português e Inglês

Faça Download e contrate Talento internacional com vistos mais rápidos

Download Tech Visa Manual

Por favor permita que o conheçamos
  • Email

Tech Visa

E-book Com As Melhores Práticas

e-book Tech Visa Melhores Práticas 2020

Versões em Português e Inglês

Faça Download E Contrate Talento Internacional Com Vistos Mais Rápidos

Download Tech Visa Manual

Por favor permita que o conheçamos
  • Email

IRS Residente Não Habitual: Novas Regras e Profissões Para 2020

IRS Residente Não Habitual Mudanças Para 2020

Saiba o que muda em 2020 

Download Lista Profissões RNH 2020

Por favor permita que o conheçamos
  • Email

Como Podemos ajudar?

Quer precise de um orçamento ou resposta a questões, fale connosco

Precisa de um especialista?

Quer um orçamento ou a resposta a questões? Contate-nos!
  • Diga-nos a sua situação
  • Email
  • +351 218 954 072
  • Av. D. João II nº35 - 6ºE - 1990-083 Lisboa - Portugal